sexta-feira, 18 de abril de 2014

TERCEIRIZADOS DA PMCG RECLAMAM

Denúncia recebida de um funcionário terceirizado da PMCG:


"Que absurdo! Nós, funcionários da Rufolo que estamos sendo contratados pela Ranstad que estão assinando. a carteira com salário de 841,00 com os descontos ñ chega á 800,00, é assim que querem funcionários satisfeitos? Quando será que terão respeito pelos funcionários? O valor do salário da Rufolo na carteira há 3 anos atrás era de 851,00. Três anos depois aumentou 10reais? Defasado esse salário! O mais importante da ocasião é que a firma vai pagar apartir do dia17/04 o restante dos dias anteriores do mês de 1° ao dia 16/04 quem vai pagar? Só iremos receber a metade do mês trabalhado??????????Não contem com os votos dos terceirizados!!!!!!"

quinta-feira, 17 de abril de 2014

OBRIGADO, GABO!

Apenas uma pequena passagem do monumental "Cem anos de solidão", em despedida a Gabriel Garcia Marquez, que hoje partiu  desta Terra para mergulhar eternamente na Macondo, o mundo mágico que criou para preencher a solidão de tantos leitores no mundo todo:

"Aureliano Segundo resolveu que era preciso trazê-la para casa e protegê-la, mas o seu bom propósito foi frustrado pela inquebrantável intransigência de Rebeca, que tinha necessitado muitos anos de sofrimento e miséria para conquistar os privilégios da solidão e não estava disposta a renunciar a eles em troca de uma velhice perturbada pelos falsos encantos da misericórdia".

Postado por celular e sem revisão.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

ROBERTO HENRIQUES QUER CPI PARA APURAR CASO DAS "MENINAS DE GUARUS"



                                                                          Reprodução/TV Alerj
O deputado Roberto Henriques (PSD) acaba de fazer um pronunciamento da tribuna da Assembleia legislativa denunciando o descaso das autoridades na apuração das denúncias do caso chamado de "meninas de Guarus", que envolve homicídios, prostituição e exploração de menores em Campos dos Goytacazes. 
Segundo o deputado, um inquérito foi aberto na 146ª DP (Guarus) e o Ministério Público levou vários anos com o processo e agora, quando chegou à Justiça, "os juízes de Campos, um a um, estão se declarando impedidos".
— O que tem neste inquérito que a população de Campos não pode saber? perguntou o deputado.

Roberto Henriques criticou ainda o senador Magno Malta (PR- ES), presidente da CPI da Pedofilia a quem chamou de "moleque, senador moleque", que "vai a Campos assistir lutas de MMA em operação caça-níquel com a prefeitura e não move uma palha para ajudar a revolver esse caso". Ao fim do pronunciamento, o deputado Roberto Henriques deu prazo de duas semanas para que o processo tenha andamento no judiciário, porque "caso contrário, vou começar recolher assinaturas para instalação de uma CPI para apurar tudo.

SOLENIDADE DE RETORNO DO ACERVO DO MONITOR É HOJE NA CÂMARA


terça-feira, 15 de abril de 2014

ACERVO DO MONITOR VAI FICAR NA CÂMARA MUNICIPAL

Do Ururau (aqui):

De volta para casa: acervo do Monitor Campista já está em Campos

São quase duzentos anos de história contados em 273 edições do jornal
Gerson Gonçalo

São quase duzentos anos de história contados em 273 edições do jornal

“Se a felicidade absoluta não foi possível, já que seria o não fechamento da empresa Monitor Campista, pelo menos um alento de ter o rico acervo de volta”. A frase foi dita pelo fotógrafo Wellington Cordeiro que, ao lado do presidente da Câmara Municipal de Campos, Edson Batista, e o diretor de Multimídia da Casa de Leis, Wilson Heindenfelder, acompanhou a chegada do acervo do terceiro jornal mais antigo do país, Monitor Campista, em sua volta para casa, fato este ocorrido na tarde desta terça-feira (15/04).
São 273 edições que temporariamente vão ficar abrigadas em uma sala da Câmara preparada especialmente para receber o Memorial Monitor Campista, que será apresentado às autoridades do município, jornalistas e representantes de movimentos sociais nesta quarta-feira (16/04), às 17h, ao som da banda da Polícia Militar e da Orquestrando a Vida. No Memorial ficará exposto o acervo do jornal, peças como a primeira máquina impressora (prelo), um prelo de rolo e uma máquina de escrever e imagens fotográficas doadas pelo Museu Barbosa Guerra, do arquivo pessoal de Wellington Cordeiro e do historiador e ex-funcionário do Monitor Campista, Hélvio Cordeiro.
“Na exposição estaremos apresentando o Monitor Campista, através do próprio Monitor já que conseguimos recuperar todos os cadernos especiais do jornal, inclusive os editados a partir de 2007 a 2009, que contam a história de 173, 174 e 175 anos do jornal”, disse Wellington, que é o curador da exposição do Memorial.
O destino do acervo do Monitor Campista será o Arquivo Público Municipal, que fica na Baixada Campista, porém o local precisa atender a algumas questões técnicas apontadas em um relatório feito durante visita técnica feita pela superintendente de Assuntos Corporativos do Diários Associados, Vânia Caldas, e o funcionário do arquivo do Diários Associados do Rio, Pedro Moreira, no dia 25 de março. O Diários Associados ao receber o acervo teve que assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) onde se comprometeu em cuidar e comunicar ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) em caso de venda ou doação.
“Já que tinham a guarda do acervo, eles vieram verificar as condições do local onde o iria ficar. No relatório Vânia apontava que, apesar da importância histórica do prédio [Arquivo Público], naquele momento, o ambiente onde ia ficar o acervo não estava climatizado adequadamente, que havia problema com umidade, equipamento de combate a incêndio e parte hidráulica”, explicou Wilson Heindenfelder acrescentando que diante a impossibilidade do acervo ser encaminhado para o Arquivo Público, foi apresentada à equipe do Diários Associados as dependências da Câmara Municipal e acertado que o material ficaria ali temporariamente.
Wilson revelou ainda que trazer o acervo para Campos foi uma corrida contra o tempo. “O acervo estava pronto para ser doado à Biblioteca Nacional, e estava pronto para ir pra lá, mas a nossa sorte é que a biblioteca demorou para dar um parecer e, então o acervo foi retirado da listagem do Diários Associados e nos foi doado por Maurício Dinepi. Aqui não é o local ideal para ele. O ideal é ir para o Arquivo Público, que é onde está toda história do município, mas para não perdermos, o colocamos aqui”, ressaltou Wilson.
O tempo em que o acervo do Monitor Campista permanecer na Câmara Municipal, ele vai passar por um trabalho de higienização, recuperação, microfilmagem e digitalização.
“São 180 anos de história, cujo primeiro registro é datado de 1834. Aqui temos registros de fatos como Estado Novo de Getulio Vargas e tantos outros importantes para nossa história. É muito importante poder dar esse presente para a população”, disse Edson Batista, acrescentando ainda: “Já estamos entrando em contato com a Biblioteca Nacional, pois ficaram de fazer um trabalho de higienização, recuperação, digitalização e microfilmagem do arquivo e vamos fazer isso aos poucos, pois o custo é muito alto e sozinha a Câmara não tem como arcar, mas vamos buscar parcerias que possibilitem o trabalho”, completou o presidente da Câmara.
Quando questionado sobre a importância do retorno do acervo do Monitor para Campos, Wellington Cordeiro disse que: “Tirando a questão emocional que quando soube que o caminhão tinha chegado e corri pra cá, pois queria ter certeza isso realmente tava acontecendo, o que era o grande sonho da gente, principalmente quem trabalhou lá, por outro lado dá uma satisfação de estar reparando um grande erro. Desde quando foi fechado em 2009, imediatamente lançamos a campanha Viva Monitor, fizemos duas manifestações na cidade, mas infelizmente não tivemos a força suficiente para reparar essa perda para cidade e agora com a adesão da Câmara nessa luta, juntos conseguimos trazer o acervo e não só isso, mas garantir que ele seja cuidado da maneira correta, principalmente com a promessa da Câmara de fazer um trabalho de digitalização de todos os jornais. Isso é muito importante para que o acesso chegue a todos arquivos, pois o jornal não dá já que são páginas de quase duzentos anos, são muito frágeis. A digitalização vai permitir um acesso ilimitado, talvez até mais tarde no próprio site da Câmara”, finalizou.
A última edição do jornal Monitor Campista, que desde sua criação teve outros quatro nomes "O Campista", "Recopilador Campista", "Novo Recopilador Campista" e "O Monitor Campista", motivo este que leva muito especialistas a contestar seus 175 anos de existência, foi em 15 de novembro de 2009. A redação do Monitor Campista foi a primeira a ser beneficiada com a luz elétrica, em 24 de junho de 1883, antes das empresas do Brasil e da América do Sul.

TRE MANTÉM MULTA DE R$ 10 MIL PARA ARNALDO VIANNA POR PROPAGANDA ILEGAL EM 2012



Do Portal do TRE (aqui):

15/04/2014 - 17:14

Mantida multa a Arnaldo Vianna por propaganda ilegal em 2012

O TRE-RJ manteve, na sessão plenária desta segunda-feira (14), a sentença do juízo da 129ª ZE (Campos dos Goytacazes) que havia multado em R$ 10 mil o ex-prefeito e ex-deputado federal Arnaldo França Vianna (PDT) por propaganda antecipada nas eleições municipais de 2012. A Corte entendeu que "a mensagem divulgada extrapola os limites da propaganda partidária, configurando propaganda eleitoral subliminar antes do período legalmente permitido". Em seu voto, o relator do processo, juiz Flavio Willeman, afirma que Vianna utilizou a inserção televisiva do PDT exibida na véspera do período eleitoral "para divulgar suas realizações e projetos políticos próprios, buscando influenciar o eleitorado a apoiá-lo no caso de uma futura candidatura". Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Processo relacionado: RE 1057

ÔNIBUS DO HEMOCENTRO NESTA QUARTA-FEIRA EM SÃO FRANCISCO

 
 
Pela primeira vez em parceria com a secretaria de Saúde, a unidade de Coleta Móvel (UCM) do Hemocampos estará em São Francisco de Itabapoana para receber doações de sangue. O atendimento vai acontecer nesta quarta-feira, dia 16, ao lado do centro de Fisioterapia, das 9h às 15h.
Pessoas saudáveis, entre 16 e 69 anos e acima de 50 quilos podem doar, desde que já tenham feito outras vezes. Quem deseja fazer pela primeira vez o limite de idade é 60 anos. Qualquer tipo sanguíneo é aceito.
É preciso não ter comido nada gorduroso nas três horas que antecedem à doação. Recomenda-se apenas a ingestão de café, frutas, sucos, biscoito água e sal ou pão, sempre sem manteiga, margarina, queijo, presunto ou requeijão.
Algumas pessoas não podem doar por terem algum tipo de inaptidão seja ela temporária ou definitiva. As temporárias são estado gripal ou alérgico, virose, certos tipos de cirurgia, gravidez e amamentação. Aqueles que por estes motivos não puderem doar podem fazer em outra oportunidade. As inaptidões definitivas são para pessoas com doenças cardíacas, diabetes com uso de insulina, derrame, entre outras.
O Hemocampos
O Hemocentro Regional de Campos dos Goytacazes (Hemocampos) funciona no prédio do Hospital Ferreira Machado, na Rua Rocha Leão, nº 02, Bairro Caju. Além do município de campos atende mais 16, incluindo São Francisco, em todo o norte e noroeste fluminense, cerca de 900.000 pessoas. Nos meses melhores, recebe em torno de 1200 doações, porém a média de transfusões é de 1700. Para maiores informações o telefone de contato é
0800-282050 ou (22) 27324260, ou ainda pelo e-mail hemohfm@yahoo.com.br
 
Da Ascom/PMSFI

segunda-feira, 14 de abril de 2014

GAROTINHO MULTADO EM R$ 682 MIL POR PROPAGANDA ANTECIPADA



Por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio multou, na sessão plenária desta segunda-feira (14), o deputado federal Anthony Garotinho (PR) em R$ 682 mil por promoção pessoal em propaganda do Partido da República na TV e no rádio, em outubro de 2013. O valor da multa foi fixado tomando-se como base o menor custo de propaganda de 30 segundos na TV, equivalente, na época, a R$ 46,411 mil por inserção. No rádio, a multa foi de R$ 25 mil por mensagem veiculada.O PR também foi condenado ao pagamento de multas no valor total de R$ 464,1 mil, e perdeu o direito à propaganda pelo tempo equivalente a cinco vezes ao das inserções irregulares. O TRE já multou Garotinho em R$ 28 mil por propaganda antecipada este ano. Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Do BLOG Curva do Rio, de Suzy Monteiro (aqui).

CRIVELLA MULTADO POR PROPAGANDA ANTECIPADA



Do portal do TRE (aqui):

14/04/2014 - 17:16

Crivella é multado em R$ 15 mil por propaganda antecipada

O juiz Alexandre Chini Neto multou em R$ 15 mil o senador Marcelo Crivella (PRB) por propaganda eleitoral antecipada durante a entrega de retroescavadeiras em oito municípios do Noroeste e Norte do estado no dia 10 de março. Foi a primeira multa recebida este ano pelo potencial candidato ao governo do estado. Para o magistrado, "a entrega de retroescavadeiras vinculada a um compromisso de fidelidade no dia da eleição é ato de propaganda eleitoral" e os atos de Crivella "revelam nítida promoção política eleitoral". Cabe recurso ao Colegiado do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro.

Processo relacionado: Rp 11851

BIENAL DO LIVRO: LICITAÇÃO PARA ESCOLHA DE CURADORIA SERÁ ONZE DIAS ANTES DA ABERTURA. DÁ TEMPO?

A 8ª Bienal do Livro de Campos dos Goytacazes tem data definida - de 16 a 25 de maio -, tem local escolhido - Centro de Eventos Populares Osório Peixoto, o Cepop. Mas, vejam só,  a licitação para escolha da  empresa especializada em prestação de serviços de Curadoria só vai ser escolhida dia 05 de maio, onze dias antes da abertura da "maior feira literária do interior do Estado do Rio de Janeiro", como diz o ufanista release produzido pela Secretária de Comunicação da PMCG (aqui e recorte abaixo), divulgado desde o dia 14/03/2014. 
O edital de licitação para escolha da empresa para curadoria foi publicado na página 12 do edição desta segunda-feira, do Diário Oficial do Município (confira abaixo).
No mínimo curioso, não?


Edital publicado hoje para entrega de propostas dia 05/05. Ainda deverá ter tempo para análise das propostas, publicação do resultado e assinatura e publicação do contrato. Só então a empresa vencedora poderá iniciar seu trabalho de curadoria. E tem mais: o edital abaixo refere-se ao "pregão presencial 012/2012". Salvo engano, deveria ser 2014. Ou não?

CRISE NA UCRÂNIA EM DEBATE NO RODA VIVA

Programa desta segunda-feira (14/4) recebe o embaixador do país no Brasil, Rostyslav Tronenko. No ar às 22h, na TV Cultura

11/04/14 18:19 - Atualizado em 11/04/14 18:26

Rostyslav Tronenko
O Roda Viva entrevista nesta segunda-feira (14/4) o embaixador da Ucrânia no Brasil, Rostyslav Tronenko. Ele vai para o centro do programa repercutir a crise sociopolítica que assola o país desde novembro de 2013, quando o então presidente Viktor Yanukovich desistiu de assinar um acordo que aprofundaria relações com a União Europeia. A atração inédita vai ao ar às 22h, na TV Cultura. A apresentação é do jornalista Augusto Nunes.
Entre os assuntos da entrevista estão a tomada da Crimeia pela Rússia, a posição dos Estados Unidos e dos países europeus frente às decisões do presidente Vladimir Putin e a existência de militares russos na fronteira com a Ucrânia.
Participam da bancada Ângelo Segrillo, autor do livro Os Russos e professor de História Contemporânea da USP; Tatiana Gianini, repórter de internacional da revista Veja; Marina Darmaros, editora do jornal Gazeta Russa no Brasil; Fábio Zanini, editor do caderno Mundo, da Folha de S. Paulo; e Roberto Lameirinhas, editor do caderno Internacional, d’O Estado de S. Paulo.

(TV Cultura)

OLHA SÓ O TAMANHO DO LAMPARÃO DO ECA OU "TRAFFIC CALMING"

  


Colaboração do professor Renato César Arêas Siqueira

domingo, 13 de abril de 2014

PROVISÓRIO OU PERMANENTE?



Do Professor Renato César Arêas de Siqueira:

Prezados,

há dias a Prefeitura deslocou o camelódromo para o Parque Alberto Sampaio, que essencialmente é espaço público de lazer, desvirtuando o uso e ocupação do solo, com atividades permissionárias que tem fins lucrativos. Imaginar que estes - camelôs - terão de volta o "seu lugar" após os gastos de aproximadamente R$ 10.000.000,00, na reforma do Mercado Municipal, é um verdadeiro tapa de luva em meio milhão de campistas! Com todo o respeito, esta reforma não deveria contemplar os camelôs, que, vejam só, são comerciantes bem sucedidos, não justificando tratamento diferenciado/subsidiado para o desempenho de suas atividades laborais. Há prédios obsoletos ou em desuso (Rua Treze de Maio, por exemplo), na área central que poderiam abrigar estas atividades, como é feito no Centro de São Paulo, Rua 25 de Março. Estes comerciantes, além de terem as suas atividades regularizadas, como pessoas jurídicas, teriam os seus espaços a custos do mercado, subsidiados por um período ou não. É questão de legalidade e ordem.

Mas, o projeto "provisório" (êta risco de ser permanente), oferece riscos aos consumidores e comerciantes do "Camelódromo", inclusive o de estarem submersos pelas enchentes históricas no trecho da carta topográfica do município, onde era a outrora Lagoa do Furtado. Para remediar a situação, apenas do trânsito - as enchentes não têm problemas, que aprendam a nadar, deve pensar a Prefeitura - o IMTT, inventou e implantou o ECA - Enviesado de Concreto Almofadado, que não consta de nenhum manual ou técnica de urbanismo. Os "DAS" da Prefeitura, tentaram vir em socorro chamando ECA de "Traffic Calming". É "brinqueichion!!!

Apesar de todos os transtornos, para pedestres, comerciantes e o trânsito, o ECA, continua lá, impassível, teimoso, deitado! Não sairá de lá, assegura teimosamente o pessoal do IMTT, mais perdido do que bailarino em campo de futebol. Deveriam assumir o equívoco, e responsavelmente adotar soluções viáveis para o problema criado desde a implantação do "Camelódromo".

Uma dica: a reforma do Mercado Municipal, que inclui o entorno, Parque Alberto Sampaio inclusive, é para ser debatido com a Sociedade Campista, para fins de atividades de lazer e culturais, pois, esta não merece ter a monstruosa cobertura de chapa galvanizada substituída por um monstrengo que a cada mexida se torna uma ECA!!!

Abç.,

Renato César Arêas Siqueira
arquiteto e urbanista
perito técnico
professor bolsista UENF

PREVISÃO DO TEMPO: CHUVA PARA A SEMANA TODA.


Preparem as galochas, canoas, jet-skis....

INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO DE CONTOS JOSÉ CÂNDIDO DE CARVALHO PRORROGADAS ATÉ DIA 26



Foram prorrogadas até o próximo dia 26 deste mês as inscrições para o XXIV Concurso Nacional de Contos José Cândido de Carvalho.O concurso é promovido pela Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima e o resultado será anunciado durante a 8ª Bienal do Livro, entre 16 e 25 de maio. A premiação é de R$ 10 mil, valor que será dividido entre os autores dos cinco melhores contos. O prazo original seria encerrado nesta segunda-feira, dia 14.
 As inscrições feitas fora de Campos terão como data válida, a da postagem nos Correios, obedecendo ao dia 26 de abril de 2014,como limite.  O regulamento está disponível no site da Prefeitura de (www.campos.rj.gov.br). Mais informações pelos telefones (22) 988217759 ou (22) 998685739.
 Podem se inscrever contistas brasileiros e estrangeiros, desde que residentes no Brasil por mais de dois anos. Cada autor poderá inscrever um trabalho. O tema é livre e cada trabalho deverá ter um mínimo de 30 linhas e um máximo de três laudas.
Este ano comemora-se o centenário de José Cândido de Carvalho, que nasceu em Campos em 05/08/1914. 
Com informações da Secom-PMCG

PARA PERDER O SONO

Da Coluna Panorama Político, de Ilimar Franco, sábado, 12/04/2014, página 2 de O Globo:


ADESIVO "REBATIZA" PONTE COMO NOME DE DEPUTADO DESAPARECIDO NA DITADURA

Do Blog Gente Boa (aqui):

Isabela Bastos 12.4.2014 15h37m

Veja só como amanheceu a placa que marca o início da área de concessão da Ponte, no acesso da Avenida Marquês do Paraná, em Niterói. Um adesivo com o nome do deputado Rubens Paiva, político morto na ditadura, foi colado bem em cima do nome do presidente Costa e Silva, que batiza a ponte desde sua inauguração. A placa também foi pintada de vermelho, simulando manchas de sangue.

Como se sabe, o nome da ponte é polêmico e virou alvo de uma ação civil pública, onde o Ministério Público Federal pede que a Justiça derrube a homenagem a Costa e Silva. Ao que parece, alguém se adiantou.

sábado, 12 de abril de 2014

ROBSON ALMEIDA DEIXA A TERCEIRA VIA TV



Robson Tinoco não é mais diretor-geral da Terceira Via TV desde a última quarta-feira, dia 9, quando desligou-se do cargo e também deixou de ser apresentador do telejornal da emissora, onde fazia um trabalho diferenciado e competente. Robson coordenou a implantação da Terceira Via desde 2012.
Antes de Robson, outros dois profissionais deixaram as emissoras onde fizeram carreira: Fábio Abud  e Tânia Borges levaram suas colunas eletrônicas da Plena TV para a TV Diário.
Quem conhece o mercado garante que esse troca-troca está sendo feito em bases inimagináveis.