sábado, 1 de junho de 2013

CRÍTICA BEM HUMORADA EM BÚZIOS

DO JB on line





A população de Búzios está revoltada com a possibilidade do balneário se transformar numa latrina gigante por conta do projeto de lei aprovado na semana passada na Assembleia Legislativa em regime de urgência, que libera R$ 11,5 milhões para a transposição dos efluentes das estações de tratamento de esgoto de Araruama, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande para o Rio Una, que deságua na Praia Rasa, em Búzios. O Governo do Estado, além de não resolver o problema de saneamento da Lagoa de Araruama, que recebe a maior parte do esgoto da Região dos Lagos e por isso vem morrendo ao longo dos anos, quer agora desviar para Búzios todo esse esgoto.

Íntegra da matéria aqui.

CLÁUDIA RODRIGUES DIAS 8 E 9 NO TRIANON





Lembra da Cláudia Rodrigues?, É a comediante que fez tanto sucesso como a "Sirene" de Sai de Baixo, que foi promovida à "Ofélia" no quadro do primo pobre/primo rico no Zorra Total antes de ganhar série própria,  A Diarista.
Pois bem, depois de alguns anos afastada por motivo de saúde (esclerose múltipla, veja aqui), ela está de volta aos palcos e no próximo final de semana (8 e 9 de junho) estará no Trianon com a peça "Muito Viva!". 
Veja abaixo o cartaz do espetáculo:





AS LAGOAS DE SOFFIATI

Lançamento na próxima segunda-feira, dia 3, às 19h na Academia Campista de Letras (Jardim São Benedito) mais um livro do mestre Soffiati "As lagoas do norte fluminense - contribuição à história de uma luta".

ÁREA DA ANTIGA VASA NÃO SERÁ ESTAÇÃO DO FUTURO AEROMÓVEL


Diferente do que este Blog deu a entender (aqui) no post sobre o decreto que torna de utilidade pública nove áreas passíveis de desapropriação para implantação do aeromóvel pela Prefeitura de Campos, o terreno onde funcionou a antiga Vasa não está elencado no decreto. Um especialista em mercado imobiliário telefonou para o blogueiro e alertou que a área constante no ítem IX do decreto 114/2013 de 28/05/2013, medindo aproximadamente 3.180,83 m2 situado no Parque Santo Amaro, em frente ao Shopping Avenida 28, medindo 153,09 m2 de frente para a Avenida 28 de março, 20,14 m2 de lado para a Rua Manoel Teodoro" é, na verdade onde hoje está o galpão da antiga fábrica de letreiros Campos Neon, na esquina do edifício Sanset Park.
A área da antiga Vasa, segundo o especialista, pertence atualmente ao Grupo Barcelos (Superbom) e é bem maior que o vizinho, e não é objeto do decreto da prefeita.
                                                                                                       Foto: Ricardo André Vasconcelos 01/06/13 19h20
Área do galpão da Campos Neon decretada de utilidade pública para fins
 de desapropriação que poderá ser uma das sedes do Aeromóvel
                                                                               Foto: Ricardo André Vasconcelos 01/06/13 10h20
Terreno da antiga Vasa, hoje do grupo Superbom, está fora do decreto

HOMENAGEM À DONA RUTH


DOCEMENTE CALADA

Chora Campos. Choro eu.
Chora todo ex-aluno
de Ruth Maria Chaves,
a divina dona Ruth,
a dona Ruth de tantos.

A melodiosa voz
calou-se para sempre.
Para sempre? Impossível!
Eu a estou ouvindo agora...
Ela é inesquecível.
Ela é inconfundível!
Ruth está silenciosa,
enquanto faz a passagem
para muito além da Terra,
num reino de anjos e justos,
de almas puras como a dela.

Heloisa Crespo

sexta-feira, 31 de maio de 2013

DILMA PRESIDENTA ESQUECE A DILMA CANDIDATA

A imagem e fama da gerentona, mandona inflexível, construída na caminhada de Dilma como candidata à sucessão de Lula cada vez menos corresponde à figura real da presidenta obrigada a ceder às chantagens do PMDB e outros aliados, além de outros expedientes inimagináveis ao currículo da ex-guerrilheira que já foi "Wanda", "Patrícia", "Estela" e "Luiza".
Venho cultivando essa impressão (má) de Dilma há semanas, e a reportagem da Revista Istoé que chega às bancas amanhã confirma, infelizmente, a guinada da presidente rumo ao caminho sem volta do fisiologismo.  Dilma parece que esqueceu seu passado e trocou suas convicções pela reeleição. 
Será que vale a pena o país dar o quarto mandato consecutivo ao PT?

A matéria da Istoé:


BRASIL
|  N° Edição:  2272 |  30.Mai.13 - 20:40 |  Atualizado em 31.Mai.13 - 20:23



A fatura chegou

Dificuldade do governo em negociar com o Congresso fez Dilma Rousseff criar uma relação de dependência com um grupo seleto de políticos, que agora cobra a conta da vitória nas votações de interesse do Planalto
Izabelle Torres
IEpag36a38_Fatura-1.jpg
A presidenta Dilma Rousseff nunca teve talento e disposição para discutir pedidos e picuinhas dos políticos. Avessa à troca de favores e defensora do jogo bruto quando o assunto é chantagem parlamentar, Dilma tem se tornado vítima da falta de habilidade da própria articulação política. As negociações de última hora em torno de medidas provisórias prestes a perder a validade e a dificuldade em fazer o Congresso votar projetos relevantes apenas com base no mérito estão tornando a presidenta refém de um seleto grupo de aliados capazes de socorrer o governo e mudar o desfecho das votações. Como se viu na Medida Provisória dos Portos, essa ajuda de última hora pode funcionar. A questão é que aliados desse tipo têm um custo alto. Em troca do apoio, cobram cargos, distribuição de poder, liberação de emendas – que somam R$ 7,1 bilhões – e até interferências em decisões do Executivo que ainda estão sendo discutidas nos gabinetes ministeriais.

Matéria completa aqui

BLOG "CAÍDO EM CAMPOS" DEBATE O AEROMÓVEL




Do Blog Caído em Campos, do Gustavo Oviedo:


SEXTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2013

Aeromóvel - questionar para não torrar

Caso a sociedade campista não queira ver desperdiçados 400 milhões, é importante começar a prestar atenção ao projeto do Aeromóvel que a Prefeitura está querendo implementar em Campos, e que conta, como sabemos, com a aprovação automática da maioria dos vereadores.

Os jornalistas e blogueiros Ricardo André Vasconcelos e Alexandre Bastos começaram a participar do Jogo das Diferenças do Aeromóvel. Clique nos nomes para acessar às matérias de ambos sobre o assunto.

Aliás, Ricardo André, num dos seus posts (link acima), lança algumas questões preliminares sobre o sistema muito pertinentes, e que seria muito saudável para as contas municipais se fossem respondidas antes de começar a gastar o dinheiro  dos royalties neste projeto. Destaco duas:

 Os valores previstos serão suficientes para cobrir os gastos, inclusive as desapropriações das nove áreas que constam no decreto publicado hoje  ?

A ciclovia é muito estreita para a largura dos trens que têm sido mostrados. Então só poderão transitar em um sentido de cada vez? Ou poderão passar um pelo outro de forma a que o espaço de tempo entre um trem e outro não seja tão grande? Afinal, são 11 km e 10 estações. Se o aeromóvel transitar num sentido de cada vez, até sair de Guarus até a Penha e voltar, qual o tempo que o passageiro vai precisar esperar entre um trem e outro? Pelo que li eles andam a 70 km por hora.

Na íntegra aqui

MAIS SOBRE TRANSPORTE URBANO



Sugestões de vídeo sobre transportes urbanos, enviados por Marcos Salomão, conforme comentário que virou postagem:







Blogger 















Marcos Salomão disse...
Em São Paulo o governo está fazendo um monotrilho de 2,5 bilhões de reais. Serão 24 km de via suspensa com 17 estações. Terá a capacidade de transportar 500 mil pessoas por dia, trafegando nos 2 sentidos. O projeto conta com estações com escadas rolantes. O vídeo do "link" abaixo fala sobre este projeto (a partir de 1 minuto e 19 segundos).
http://www.expressomonotrilholeste.com.br/news1.php

Tem está reportagem ilustrando o trilho suspenso e as estações:
http://www.expressomonotrilholeste.com.br/news5.php
31 de maio de 2013 15:24

BRASIL X INGLATERRA CONFIRMADO EM MARACANÃ INACABADO

                                                                                           Tiago Rogério/Estadão



Luciane Nunes Leal - O Estado de S. Paulo

RIO - Depois do impasse na Justiça, que proibiu e mais tarde autorizou a realização do amistoso entre Brasil e Inglaterra, no Maracanã, no próximo domingo, às 16 horas, o governador do Estado do Rio, Sérgio Cabral, prometeu nesta sexta-feira "total segurança para a população dentro do estádio e no entorno".
Segundo o governador, um problema "meramente burocrático" levou a decisão liminar de suspender o jogo, revogada na noite desta quinta-feira, apenas algumas horas depois de ter sido anunciada.  
Matéria completa no Estadão (aqui)

quinta-feira, 30 de maio de 2013

AEROMÓVEL DE ROSINHA X VLT DE ARNALDO


Na campanha eleitoral de 2008 o então candidato do PDT, Arnaldo Vianna, mostrou em seu programa eleitoral um projeto de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), também passando pela Avenida 28 de Março. Era um ambicioso projeto com maquetes e plantas futurísticas e a promessa de construção em parceria com a iniciativa privada. O percurso seria maior, ligando Travessão a Goitacazes.
Este Blog publicou na época uma nota sobre o projeto (aqui), infelizmente sem ilustração por falta de condições técnicas à época. Em um dos comentários, um anônimo levantou a questão dos custos e, citando o Banco Mundial fez as contas e concluiu que o VLT prometido por Arnaldo custaria mais de R$ 3 bilhões. 
O comentário (o último abaixo) não mereceria crédito tanto depois se não fosse por um detalhe: num debate pela televisão, dias depois, a candidata do PMDB, Rosinha, usou informações semelhantes para ridicularizar o VLT de Arnaldo e disse que a empresa privada que o explorasse só teria retorno do investimento em 100 anos. O "anônimo" deve ter abastecido a candidata com os mesmos dados.









quarta-feira, 3 de setembro de 2008


Metrô de Arnaldo

Se é viável ou não é outra coisa, mas é bonito - pelo menos na maquete animada que aparece na televisão - o tal do Trem Leve sobre Trilhos, o metrô de superfície apresentado como projeto do candidato do PDT, Arnaldo Vianna.

9 comentários:

Mário disse...
Tenho observado uma estratégia de marketing e um assessoramento eficiente na campanha do candidato Arnaldo Viana, em relação à sua concorrente direta Rosinha Matheus.
Não sou estudante de marketing ou coisa parecida, mas é notório a melhor publicidade além de propagandas com apelos populares na mídia, e me parece ter sido uma estratégia acertada divulgar o projeto do metrô de superfície após a divulgação da primeira pesquisa de opinião relevante.
Vamos aguardar o próximo ato.
aquila disse...
Será que este metro de superfície, vai passar por cima do SAMBRODOMO, que o arnaldo e mocaiber construiram em seus respectivos mandatos
Anônimo disse...
Esse cara faz qualquer coisa pra se eleger.
nathy disse...
bricadeira neh! pior de tdo eh q tem gnt q acredita...
ah Mário sobre seu post, gostaria de dizer q eh melhor ver coisa real do q um monte de atores fingindo ser empregadas e caipiras e ainda dizendo q ta tdo bem na cidade!! fala sério neh?
Anônimo disse...
Pra quem fez um banheiro(miquitório) de R$30.000,00, talvez cumpra essa promessa não sei não!
Lúcio disse...
Bonita a maquete?
Chega a ser nojenta, tamanha hipocrisia de Arnaldo, se a praça custou 46 milhões, quanto custará o metro?
Anônimo disse...
O metrô nos custará 1 bi.
Leonel disse...
Será que no final da campanha quando Arnaldo perder, ele me dá aquela maquete pro meu filho brincar de trenzinho ?
Anônimo disse...
O metrô de Arnaldo com 15 estações e 17 km, custaria, ao preço do dólar de hoje R$ 1,779 e usando como parâmetro os custos médios de um metrô de superfície divulgados pelo Banco Mundial, o metrô custaria aos cofres de Campos a bagatela de 3 bilhões, 424 milhões e 575 mil reais. Claro, sem levar em consideração que as obras de Arnaldo, vide praças e banheiros, custam sempre 4, 5, 20 vezes mais, o metrô vai sair ao custo de um metrô na Lua.

ESTADO RECORRE DA SUSPENSÃO DO AMISTOSO



Nota oficial do Governo do Estado sobre a decisão judicial que suspendeu o amistoso Brasil x Inglaterra


Governo do Rio de Janeiro já está recorrendo da decisão


Sobre a decisão da juíza da 13ª Vara de Fazenda da Capital, Adriana Costa dos Santos, de suspender o jogo deste domingo (02/06) entre Brasil e Inglaterra, no Maracanã:O Governo do Rio de Janeiro já está recorrendo da decisão.**Todos os requisitos de segurança para o amistoso Brasil e Inglaterra foram cumpridos** e, por uma falha burocrática, o laudo da PM que comprova o cumprimento das regras de segurança no Maracanã não havia sido entregue à Suderj.O laudo será encaminhado com o recurso do Estado ao plantão Judiciário. 

ALGUMAS (PRIMEIRAS)DÚVIDAS SOBRE O AEROMÓVEL

                                                                                                                Fotos: divulgação/PMCG
Rosinha foi a Porto Alegre no dia 14 deste mês conhecer o aeromóvel de lá



O aeromóvel (precisamos de um apelido para esse troço) que, segundo informações oficiais vai ter 11 km e 10 estações (entre as imediações do Aeroporto Bartholomeu Lysandro à entrada da Penha) está sendo apresentado como a solução para boa parte dos problemas de transporte urbano da cidade. De fato parece uma grande ideia. O custo é de R$ 400 milhões, sendo R$ 300 de empréstimo da Caixa Economica (a ser pago em 26 anos após carência de quatro anos) e outros R$ 100 de contrapartida da Prefeitura. As obras, incluindo as estações e pátios de manobras estariam prontas em quatro ou cinco anos.
Dai vem as minhas dúvidas de leigo curioso.
1) Os valores previstos serão suficientes para cobrir os gastos, inclusive as desapropriações das nove áreas que constam no decreto publicado ontem (aqui).
2) O trem vai transitar sobre a ciclovia sem nenhuma interferência no trânsito na 28 de março conforme já ouvi declarações de autoridades municipais. Mas o acesso às estações serão por apenas um lado da Avenida?
3) As estações serão construídas, parece óbvio, na altura dos trilhos, e o acesso de pessoas com necessidades especiais e idosos será por escadas rolantes?
4 ) A ciclovia é muito estreita para a largura dos trens que têm sido mostrados. Então só poderão transitar em um sentido de cada vez? Ou poderão passar um pelo outro de forma a que o espaço de tempo entre um trem e outro não seja tão grande? Afinal, são 11 km e 10 estações. Se o aeromóvel transitar num sentido de cada vez, até sair de Guarus até a Penha e voltar, qual o tempo que o passageiro vai precisar esperar entre um trem e outro? Pelo que li eles andam a 70 km por hora.
5) Quem vai operar o sistema, a própria prefeitura ou a iniciativa privada?
6) Se for privatizar, qual será o preço da passagem?
7) Se é um sistema revolucionário e que transporta cerca de 900 passageiros (o equivalente a 20 ônibus) de uma vez, a nova realidade vai afetar o atual processo de licitação das linhas de ônibus? Afinal, quando entrar em operação o aeromóvel vai tirar e circulação muitos ônibus. Ou não é este o objetivo?
8) E mais: cadê a planta , o projeto para debater com a sociedade?

Mais sobre o assunto aqui no Blog Caído em Campos
aqui no Blog do Bastos e aqui na Curva do Rio.

ROSINHA PUBLICA DECRETO PARA DESAPROPRIAR ÁREAS DE ESTAÇÕES DO FUTURO AEROMÓVEL




Depois da aprovação, pela Câmara Municipal de Campos (aqui), de autorização para a PMCG contratar empréstimo, no valor de R$ 300 milhões para implantação do aeromóvel (um trem movido a ar que deve ligar Guarus até à entrada da Penha), a prefeita Rosinha Garotinho assinou o decreto 114/2013, publicado no D.O de ontem (29/05/13), declarando de utilidade pública nove áreas que deverão ser desapropriadas para a implantação do novo sistema de transporte.
São áreas para as futuras estações, incluindo uma de 3.180 metros quadrados em frente ao Shopping 28 (acho que é onde funcionou a antiga Vasa) para ser uma das estações, além de outras em Guarus, Parque Santo Amaro, Parque Tarcisio Miranda e Penha.
Segundo as informações oficiais da Secom/PMCG (aqui, aqui), a linha terá 11 km e vai ligar as imediações do Aeroporto Bartolomeu Lysandro até à entrada da Penha.

Clique para ampliar e confira as áreas que poderão ser desapropriadas.

Atualização às 13h31 de 31/05/13 para correção da data do Diário Oficial: é dia 29 (quarta-feira) e não no feriado de quinta-feira conforme texto original.

ESPETÁCULO FAZ HOMENAGEM À ELIZETH CARDOSO NO TB

Da Secom/PMCG aqui:





O Teatro de Bolso Procópio Ferreira recebe neste final de semana, o espetáculo/show “A Divina Elizeth Cardoso”, com a Cia. IN Versos, no sábado (1º) e no domingo (2), às 20h. Em cena, a atriz Eliana Carneiro vai representar a diva. Momentos de ludicidade e poesia também fazem parte desta montagem, que conta com a participação dos atores Rosângela Queiroz e Pedro Fagundes. A direção cênica tem a assinatura da atriz Katiana Rodrigues. O ingresso custa R$ 1,00 e 1kg de alimento não perecível.

Com classificação livre, a montagem traz as canções interpretadas por Elizeth Cardoso, através de arranjos sob a responsabilidade do compositor e cantor Matheus Nicolau. Sob a batuta de Nicolau, outros músicos marcarão o ritmo e a beleza das canções: Juan Peçanha (baixo), Robson Ferreira (bateria), Fábio Cardoso (cavaco/bandolin), Gil Lima (sax/flauta/soprano) e Matheus Nicolau (teclado/violão). A preparação vocal de Eliana Carneiro tem a assinatura de Jardel Maia.

BRASILEIRO QUE INVENTOU O IDENTIFICADOR DE CHAMADAS QUER RECEBER R$ 110 BILHÕES

Do Blog de Lauro Jardim, da Veja aqui:



O inventor do bina


Briga jurídica internacional
Nélio Nicolai, o mineiro de 71 anos que inventou o identificador de chamadas Bina (a sigla significa “B identifica o número de A”) contratou o advogado Nabor Bulhões para cuidar de seus processos na Justiça.
Entre direitos pelo seu invento e royalties não pagos, Nicolai acredita que as telefônicas lhe devem 110 bilhões de reais.
Nabor pretende agilizar a tramitação dos processos na Justiça brasileira e iniciar uma fase de disputa nas Cortes de outros países para garantir que não só Nicolai, como também o Brasil, receba o que é devido pela invenção.
Por Lauro Jardim