quinta-feira, 9 de julho de 2015

ROYALTIES: NÃO VENDA MEU FUTURO

Do Observatório de Campos:

4500 + 11 = 45000 >



A campanha ROYALTIES: NÃO VENDA MEU FUTURO, já atingiu nas ruas a expressiva quantidade de 4500 assinaturas, com adesão maciça da população, que em diversos casos tem ido espontaneamente ao local de coleta de assinaturas no Calçadão dizendo: "aqui que eu assino contra a venda do futuro?". Isso significa dizer que já somos reconhecidos e que as informações da campanha tem alcançado vários locais de Campos. 

Agora, com a manifestação pública, ontem 08/07, na escada do Palácio Nilo Peçanha, Câmara Municipal de Campos, pelos 11 vereadores que se colocam à favor do futuro de Campos, vestindo literalmente a camisa da campanha, projeta-se, se considerarmos que cada um dos vereadores pode adicionar, ao menos, 3700 assinaturas, a fantástica quantidade superior a 45000, ou seja, poderemos alcanças mais do que 3 vezes acima do necessário para a realização do PLEBISCITO, fazendo assim uma operação matemática digna de mestre. Este ato, abre a possibilidade, também, para que este grupo de vereadores proponha o plebiscito diretamente na Câmara, visto a quantidade de votos do grupo ser suficiente para isso, o que endossaria as vozes das ruas autografadas pelas assinaturas colhidas até o momento.

Contudo, isso não é motivo de modo algum para que deixemos de manter o nosso trabalho no calçadão e de divulgar pelas redes sociais e outras formas de mídia e pessoalmente. Agora, temos mais esta meta: estabelecer o mais sonoro NÃO para estas operações financeiras sem transparência e arriscadas. Estas, sugerem desrespeitar as obrigações de equilíbrio financeiro contidas na Lei de Responsabilidade Fiscal, comprometendo o futuro de Campos, fatos notórios nas ruas e serviços públicos em franca crise por falta de planejamento e gestão que já duram 7 anos, além da progressão financeira indexada em moeda mais forte do que o Real, diante da possibilidade anunciada pelo secretário de governo de lançamento de títulos na bolsa de valores de Nova York, desta forma, o fortíssimo Dólar daria o tom grave da dívida que poderá comprometer os próximos 20 anos, ou seja, os quatro próximos prefeitos, que serão obrigados a aumentar tributos municipais, com riscos de comprometimento em manter os programas sociais, cuja soma dos investimentos anuais, é de 3,5 vezes menor do que será pago de juros pelos empréstimos.

Diga: NÃO VENDA MEU FUTURO, assine a lista para o plebiscito, diariamente no Calçadão. Fique atento, também, aos movimentos nos bairros e distritos. Preferindo, você pode ser um colaborador baixando o formulário no blog do Observatório (www.observatoriocampos.blogspot.com.br), colhendo as assinaturas com os amigos e deixando conosco no Calçadão.

GOVERNO FEDERAL LIBERA R$ 100 MIL PARA PMCG ESTRUTURAR INSPEÇÃO SANITÁRIA


A Prefeitura de Campos recebeu, no último dia 29, repasse de R$ 100 mil reais do Governo Federal, para seu projeto de estruturação do Serviço Municipal de Inspeção Sanitária. É verba carimbada para comprar veículos, num convênio com o Ministério da Agricultura e Abastecimento.
Veja abaixo a informação do Portal da Transparência do Governo Federal. Qualquer cidadão pode receber, no seu e-mail, informações sobre as verbas repassadas de convênios ao seu município, basta se cadastrar aqui.


Número Convênio: 802461 
Objeto: Projeto de aquisicao de veiculos para estruturacao do servico municipal inspecao sanitaria e de atendimento tecnico ao pequeno produtor. 
Órgão Superior: MINIST. DA AGRICUL.,PECUARIA E ABASTECIMENTO 
Convenente: MUNICIPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES 
Valor Total: R$ 100.000,00 
Data da Última Liberação: 29/06/2015 
Valor da Última Liberação: R$ 100.000,00 

quarta-feira, 8 de julho de 2015

DISSIDÊNCIA DE PUDIM: ESTRATÉGIA OU SÓ INGRATIDÃO?

Um vídeo que apresenta Geraldo Pudim como o "candidato da família Garotinho", utilizado na campanha do ano passado, está bombando na internet. No vídeo, Clarissa e Rosinha desfiam as qualidades do candidato, mas o chefe do clã vai mais longe e põe na conta do próprio Deus a responsabilidade de tê-los apresentado um ao outro.
Enquanto isso, crescem as desconfianças de que a dissidência de Pudim para ser candidato a prefeito em 2016 pelo PMDB, com apoio de Pezão e Picciani (adversários de Garotinho), não passa de uma tentativa de manobra para dividir a oposição. Com isso seria menos difícil chegar ao segundo turno com um candidato da máquina (Mauro Silva ou Chicão) e o cenário ideal para a falange garotista é que o adversário fosse Pudim. Tudo em casa.
A dissidência de Pudim lançada assim, sem nenhum sintoma externo de desconforto, mais parece uma volta no tempo em que os partidos podiam lançar até três candidatos ao mesmo cargo. Eram as sublegendas. Assim, o grupo dominante tinha mais chances de manter seu domínio.
Como o protagonista desta história ainda não falou — pelo menos em público — vamos aguardar e, se confirmada a dissidência, Pudim vai precisar assimilar algumas teses da oposição, como se posicionar contra o pretendido empréstimo de R$ 1 bilhão e a falta de transparência nas contas da Prefeitura.
  Carimbado como o mais garotistas dos garotistas, Pudim vai ter dificuldade para atrair a confiança e os votos do crescente eleitorado que quer ver o garotismo pelas costas, além de e, talvez por isso mesmo, não representar o novo que se espera. E se Pudim aposta apenas na máquina Pezão-Picciani, é bom lembrar que nas duas eleições que disputou para a Prefeitura de Campos (2004 e 2006), tinha a máquina estadual nas mãos de Garotinho e perdeu as duas: uma para Carlos Alberto Campista e outra para Alexandre Mocaiber. Máquina por máquina, a da prefeitura tem se mostrado mais efetiva.
Enquanto as nuvens não mostram um cenário mais claro, veja o vídeo da campanha de 2014 que pode fazer lembrar de um velho provérbio lusitano: "o dia do beneficio é a véspera da ingratidão": 



video

EM EDIÇÃO SUPLEMENTAR, ROSINHA MUDA DIREÇÃO DO FERREIRA MACHADO E BOTA EX-DEPUTADO NO IMTT

Dante Pinto Lucas: Novo diretor (superintendente) do Ferreira Machado

José Cláudio assume a superintendência-adjunta do IMTT


Em edição suplementar de apenas uma página, a Prefeitura de Campos publicou no início da tarde de hoje as nomeações do ex-vereador Dante Pinto Lucas para o cargo de superintendente (antiga função de diretor-geral) do Hospital Ferreira Machado (DAS-2) e do ex-deputado José Cláudio de Oliveira Martins para superintendente-adjunto do IMTT (DAS-3).
Dante, que era subsecretário de Saúde assume do lugar de Ricardo Madeira. Todas as portarias, veja abaixo, têm vigência a partir de hoje.


Veja aqui na Folha on line matéria com o ex-diretor do HFM, Ricardo Madeira.

terça-feira, 7 de julho de 2015

A PREMONIÇÃO DE BRIZOLA SOBRE EDUARDO CUNHA

Quinze anos antes de Eduardo Cunha (presidente da Câmara dos Deputados) chegar onde chegou para fazer o que está fazendo, Leonel Brizola, já alertava para seus "maus antecedentes". Na época., Cunha era presidente da Cehab na  gestão do então governador Garotinho, como publicou a Folha de S.Paulo em 31 de março de 2000:


segunda-feira, 6 de julho de 2015

ATENDIMENTO SUSPENSO: EM NOTA, PMCG DIZ QUE JUNTA INTERVENTORA DA SANTA CASA É "DESPROVIDA DE BOM SENSO"

Nota divulgada agora há pouco no portal da PMCG (aqui) sobre a decisão da Santa Casa de suspender o atendimento a pacientes do SUS por falta de pagamento por parte municipalidade:



Veja mais no Blog Na Curva do Rio, de Suzy Monteiro (aqui).

RECEITA FEDERAL ABRE NA QUARTA-FEIRA, DIA 8, CONSULTA AO 2º LOTE DE DEVOLUÇÃO DE IR


Agência Brasil

Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil Edição: Aécio Amado
Cerca de 1,4 milhão de contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano vão receber dinheiro do Fisco. A Receita Federal abre na quarta-feira (8) consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. Ao todo, serão desembolsados R$ 2,348 bilhões.
A Receita também pagará R$ 151,9 milhões a 63.505 contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2014, mas estavam na malha fina. Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2015, o total gasto com as restituições chegará a R$ 2,5 bilhões.
A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h desta quarta-feira na página da Receita na internet. O endereço é www.receita.fazenda.gov.br. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146.
As restituições terão correção de 3,09%, para o lote de 2015, a 71,56% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.
O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

SANTA CASA, SOB INTERVENÇÃO JUDICIAL, SUSPENDE ATENDIMENTO PELO SUS


Crise sem fim na Saúde em Campos: Santa Casa suspende atendimentos pelo SUS

A Junta Interventora da Santa Casa de Misericórdia de Campos resolveu hoje suspender, sine die, as internações dos pacientes de SUS enviados pelo município de Campos e pelo estado do Rio, bem como a reinserção dos atuais pacientes nas respectivas centrais de regulação municipal e estadual.
A medida foi necessária diante da falta de repasses pela Prefeitura de Campos das receitas federais e estaduais devidas à Santa Casa, entre outros motivos. Somente até 31 de maio, a Santa Casa tem créditos de R$ 3,8 milhões com o município.
A crise na Saúde em Campos, área que jamais andou bem no governo Rosinha, mesmo nos tempos de vagas gordas, parece não ter fim.
Santa Casa - fl 1
Santa Casa - fl 2
Santa Casa - fl 3
Santa Casa - fl 4

domingo, 5 de julho de 2015

SEGUNDO O DIÁRIO, PUDIM DISSE QUE VAI "COORDENAR O PMDB EM CAMPOS PARA DERROTAR O GRUPO DE GAROTINHO"

A lista de ex-aliados de Garotinho está para ganhar mais um nome e, talvez, o mais improvável deles, Geraldo Pudim, deputado estadual eleito pelo PR e considerado, até agora, o fiel mais fiel entre os seguidores de Garotinho. Pudim foi vereador, vice-prefeito, deputado federal e está no segundo mandato na Assembleia Legislativa e sempre dedicou suas vitórias ao líder Garotinho. Foi ainda duas vezes candidato do grupo a prefeito e perdeu, para Carlos Alberto Campista (2004) e Mocaiber (eleição suplementar de 2006).
Segundo matéria postada na versão on line de O Diário agora há noite, Pudim teria visitado o deputado federal Paulo Feijó (PR), hoje pela manhã, a quem teria confirmado que se filiaria ao PMDB. O jornal publicou entre aspas uma frase atribuída a Pudim que, se confirmada é mesmo um caminho sem volta:
"A decisão já está tomada e vou coordenar o PMDB em Campos para derrotar o grupo de Garotinho".

 Veja print da matéria abaixo e no link (aqui):


ABRA-TE SÉSAMO!

                                                                                                 Foto: arquivo
Rosinha inovou e mandou colocar uma fechadura eletrônica na porta do seu gabinete do Centro Executivo José Alves de Azevedo (antigo Cesec), que só é aberta mediante uma senha.
Poucos, muito poucos têm a senha.
Aliás, e a propósito, um leitor do Blog que esteve no Gabinete da Prefeita há pouco tempo, não conteve o espanto quando deu de cara com a principal cadeira da sala, de discutível gosto, revestida de couro da cor rosa.   

EX-MINISTRO DO STF, NESTA SEGUNDA-FEIRA, NO RODA VIVA



O Roda Viva da próxima segunda-feira (6), recebe o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto. Durante a sabatina, Ayres Britto falará sobre o atual momento político e os problemas institucionais do país.
Sergipano, Carlos Augusto Ayres de Freitas Britto foi nomeado ministro do STF em 2003, indicado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ocupar a vaga de Ilmar Galvão.
Em 2012, foi eleito para a presidência do Supremo. Quando era ministro do STF foi ainda presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Além de sua atuação na magistratura, Ayres Britto também é poeta e estudioso de filosofia. Membro da Academia Sergipana de Letras, da Academia Brasiliense de Letras e da Academia de Letras de Brasília, o ex-ministro é autor de obras tanto literárias como jurídicas. 
Esta edição do Roda Viva conta com uma bancada formada por: Belisário dos Santos Júnior (advogado e presidente do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta); Joaquim Falcão (professor de Direito Constitucional da Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro); Ricardo Gandour (diretor de conteúdo do Grupo Estado); Vera Magalhães (editora da coluna Painel da Folha de S. Paulo); e Carlos Melo (cientista político do Instituo de Ensino e Pesquisa – Insper). O Roda Viva ainda conta com a presença fixa do cartunista Paulo Caruso.
(TV Cultura)