sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Fim da propaganda eleitoral

O PMDB já terminou o seu último programa eleitoral, com um programa inédito. Rosinha agradeceu apoios, mostrou os filhos e o marido, Anthony Garotinho. Mostrou a decisão do TRE, que ontem manteve o indeferimento do registro da candidatura do adversário, ArnaldoVianna (PDT).
O último programa de Arnaldo começou com direito de resposta de 30 segundos para Rosinha, e usou praticamente todo o tempo para explicar, ou tentar, a complexa questão judicial: é candidato mas seu registro ainda depende de confirmação pelo TSE.

2 comentários:

Gervásio Neto disse...

E não é que ele apareceu, Ricardo??????

Muito bom ter vc de volta por aqui!!! Estávamos realmente precisando!!!!!!!!!

Preocupada disse...

Que bom poder ter una candidata que tem familia! Tem esposo, tem filhos integrados na familia, na sociedade. Pio XI ja´dizia que a familia é mais sagrada do que o Estado. A desgraça de Arnaldo e toda a sua desonra começou ao naufragar a sua família. "A mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a derruba com suas próprias mãos" (Provérbios 14.1). O famoso J. Edgar Hoover (do FBI) disse certa vez: "A cura do crime não está na cadeira elétrica, mas na cadeira do bebê ".