terça-feira, 12 de agosto de 2014

SP REDUZ VAZÃO PARA O RIO PARAÍBA

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,aneel-diz-a-cesp-para-aumentar-vazao-de-usina-do-rio-jaguari,1542625


Do Portal R7

12/8/2014 às 14h15

Aneel notifica Cesp para que eleve vazão do rio Jaguari

SP contrariou recomendação da ONS e diminuiu vazão em usina
Agência Estado
O diretor-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Romeu Rufino, disse no início da tarde desta terça-feira (12), que o órgão regulador notificou a Cesp a cumprir o despacho do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e elevar a vazão da usina do rio Jaguari.
A empresa tem 15 dias para se manifestar. Segundo Rufino, a Aneel já havia enviado um ofício à Cesp questionando os motivos da empresa para reduzir a vazão do empreendimento. Agora, a área de fiscalização da agência notificou a companhia para voltar a cumprir as determinações do ONS.

— A notificação tem esse sentido de informar a empresa que ela desatendeu o despacho e não tem essa prerrogativa.
Rufino confirmou que esta é a primeira vez que uma empresa descumpre o despacho do ONS. Se continuar a descumprir a orientação, a Cesp estará sujeita a penalidades que vão desde uma advertência até multa correspondente a até 2% da receita anual.
Desde a semana passada, a Cesp descumpre determinação do ONS de elevar a vazão da usina. Na prática, a usina está produzindo menos energia do que deveria. Dessa forma, a usina libera menos água no sistema, o que pode comprometer a geração de energia de empreendimentos que ficam na mesma bacia hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, além do abastecimento de água em vários municípios no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.

Um comentário:

HL MM disse...

O governador de São Paulo, representado pelo mesmo partido, recebeu dele mesmo um atestado de falta de planejamento do todos seus governadores nos últimos vinte anos. Prejudicando parte de sua população e mais ainda a população do estado do Rio de Janeiro. Esse é o modo de governar do PSDB. Quer criar uma briga entre os dois maiores estados brasileiros. Incompetência tem nome: Geraldo Alkimin. O governo federal tem que intervir. E colocar um basta nesta asneira.